Por Que Eu Não Consigo Seguir A Dieta?

by | May 26, 2018 | Alimentação, Mentalidade

Você já conhece o esquema…

Você planejou tudo. Você cozinhou no domingo e montou as marmitas das semana. Você combinou com a sua amiga de treinar às 6 horas da manhã. Você comeu tudo que queria no final de semana, até o que você normalmente não comeria, porque… SEGUNDA É O DIA.

Segunda é o dia e você tem certeza de que agora vai. Agora é para valer e agora você vai emagrecer.

Mas… Alguma coisa entra no seu caminho.

De repente você perdeu a hora o treino foi pro saco, ou tudo ia bem até que o seu  filho brigou na escola e você tomou uma bronca da diretora, ou você ficou presa no trânsito ao invés de demorar meia hora para chegar em casa você demorou duas…

De repente, a janta que era sopa virou pizza.

Aparentemente você tinha tudo pra ganhar e seguir a sua dieta, mas ainda assim você perdeu de 7 a 1.

E o ciclo se repete. E é tão frustrante!

Existem diversas razões porque você não consegue seguir a sua dieta, mas hoje eu quero falar das quatro principais e das soluções que você pode colocar em prática para vencê-las.

RAZÃO 1: PROIBIÇÃO

Imagina que você está comigo no shopping e eu te falo assim:

“Não olha agora, mas tem uma pessoa pelada atrás de você.”

A primeira coisa que você quer fazer é olhar, é inevitável! O impulso por olhar muito grande. E é exatamente isso que você faz com a comida.

Você determina que você não vai comer fritura no restaurante no almoço, e quando você passa pelo buffet parece que os croquetes estão chamando o seu nome e de jogando no seu prato!

Uma curiosidade útil é que o nosso cérebro não assimila negação muito bem. Tudo que ele entende é “fritura”, ignorando o “não” que era tão importante, e por isso você acaba ficando obcecada com os alimentos que tenta evitar.

Solução: já que a negação não é registrada, coloque o seu foco no que você vai comer. É muito mais assertivo pensar “eu vou comer salada no almoço” do que “eu não vou comer fritura no almoço”. Além disso é claro, coloque todos os alimentos na lista dos “permitidos”. Isso tira os alimentos “proibidos” do pedestal, e a sua obsessão por eles desaparece (é sério!).

RAZÃO 2: MECANISMOS DE SOBREVIVÊNCIA

Não importa o quão saudável pareça a sua alimentação, se você só pensa em comida, sente que não consegue conter os seus impulsos por comer e/ou se sente um saco sem fundo, como se você pudesse comer a padaria inteira depois do primeiro pão francês, os seus mecanismos de sobrevivência estão ativados.

Esses mecanismos são uma resposta natural à restrição – real ou percebida. Assim, não adianta você morar dentro do supermercado, se você sente que não pode comer o que quer, a mensagem que chega no seu cérebro é algo como:

A comida está escassa! Vai faltar comida! Ligue o modo de estoque! Vamos economizar no gasto calórico e comer tudo o que pudermos!

Não é surpresa você atacar tudo o que vê pela frente, se sentir fora de controle e ainda por cima não conseguir emagrecer.

Solução

Mais uma vez, permita-se comer e siga a razão número 3.

RAZÃO 3: DESCONEXÃO COM O CORPO

O seu corpo é tão, mas tão sábio. Ele fecha um corte sozinho, você realmente acha que ele precisa de orientação para se conseguir nutrientes? Olhe para todos os animais do planeta, eles não estão buscando no google quantos gramas de carboidrato comer por dia para manter a espécie viva.

Eu ignorei o meu corpo por muito tempo. Eu buscava em todos os livros de dieta, em todos os nutricionistas, médicos, planos de treino, etc. pela resposta para o meu descontrole. Quanto mais eu buscava essa resposta fora de mim, mas longe eu estava do meu objetivo.

E veja bem, eu entendo que você queira emagrecer, mas sabe o que você quer mais do que isso? Se sentir bem. E para isso você precisa estar alinhada com o seu corpo, cuidar dele.

O seu corpo quer muito mais alimentos nutritivos, carinho e descanso do que ele quer 3 pedaços de pizza e 2 litros de sorvete. Nada errado com pizza e sorvete, mas nenhum alimento pode dar pro seu corpo o cuidado que ele realmente espera de você.

Solução

Seja mais presente no seu corpo. Ouça os sinais que ele te dá. Ele fala o tempo todo com você, ele diz quais alimentos ele quer, o quanto ele quer, a hora descansar, etc. Ouvi-lo não tão difícil quando você presta atenção.

RAZÃO 4. MEDO

Esse é a grande razão por você ainda estar presa nesse ciclo de frustração. Medo de não emagrecer ou medo de engordar. Já diz o ditado, o medo nos impede de realizar grandes feitos, e por isso nós tentamos manter tudo sob controle o tempo todo.

Mas imagine por um momento, se você fosse abandonada numa ilha deserta, sozinha e sem comida, qual a sensação isso causaria em você? De saber que a fome vai vir e provavelmente te matar?

Parabéns, é isso que você está fisiologicamente fazendo com o seu corpo controlando a sua comida. É essa a mensagem que você está mandando pro seu corpo.

Solução

As mulheres têm tanto medo de parar de vigiar o que comem que ele as impede de colocar em prática os passos anteriores. Então elas buscam cada vez mais controle, mas é exatamente o controle o responsável pelo caos.

E parar de controlar é uma transição assustadora, eu sei que para mim foi. Mas também a chave para a sua liberdade.

Se você busca suporte para transformar a sua relação com a comida, você pode conhecer o meu trabalho aqui.

Lívia Raimundo

Lívia Raimundo

Coach Alimentar, Pn1

Eu ajudo mulheres a comerem melhor e emagrecerem sem neuras.

Eu sou coach nutricional, doutora em marketing de alimentos, estudante de Nutrição, aquariana, louca por café, livros e um bom papo. Eu também amo cozinhar (e comer, óbvio).

Eu vivo em São Paulo com o meu noivo e dedico a maior parte do meu tempo a inspirar mulheres a alcançarem uma relação mais leve e feliz com a comida e com o próprio corpo.

O Passo-a Passo para Escapar da Prisão da Comida

Quiz da Liberdade Alimentar

Teste seu nível de conhecimento e habilidade nos exatos pontos que eu aprendi a dominar para reescrever a minha história com a comida e com o meu corpo!

Relacionados

Coisas que te nutrem além da comida

Coisas que te nutrem além da comida

Se você percebe que frequentemente come sem fome genuína e que grande parte da sua alimentação é movida pelas suas emoções, pode ser que outros aspectos da sua vida estejam desnutridos. Ampliar as suas formas de suprir suas demandas internas é um passo muito importante no caminho da liberdade e autonomia alimentar!

read more
Engordei na quarentena. E agora?

Engordei na quarentena. E agora?

A sua prioridade deve ser sempre o cuidado com a sua saúde física e mental. Lembrar que respirar, mover o corpo, manter a mente ocupada com qualidade e se alimentar bem e de forma consciente são ingredientes básicos para uma vida equilibrada. Não só na quarentena como em todos os outros períodos difíceis que você enfrentar na vida.

read more
A jornada da Liberdade Alimentar

A jornada da Liberdade Alimentar

As dietas são aqueles falsos atalhos que pegamos na tentativa de chegar logo ao objetivo de estar bem com o nosso corpo. Mas, na verdade, elas são como uma estrada no sentido contrário da felicidade, que só nos afastam do nosso autoconhecimento, ditando regras externas que te fazem acreditar que você não é capaz de gerenciar o seu corpo. Aqui está o que você pode esperar quando abandona a prisão das dietas em direção à liberdade alimentar.

read more

Comentários

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *