A Chave Para Mudar O Seu Corpo Por Amor

by | Feb 6, 2018 | Autocuidado, Mentalidade

Quando se trata de emagrecimento, não há dúvida de que comer melhor e praticar exercícios são fundamentais do processo. Contudo, tem um fator que não pode ser ignorado para que a mudança tenha sucesso…

CONSISTÊNCIA.

É nela que tantas pessoas pecam… E é por isso que tanta gente passa a vida sem conseguir alcançar ou sustentar um resultado satisfatório.

Consistência é a repetição de determinado comportamento até que ele se torne um hábito. É a aderência ao plano, seja ele comer mais salada ou treinar três vezes por semana. Você não pode comer salada uma vez por mês e esperar que se torne habitual. Você precisa praticar o suficiente para que, aos poucos, se torne algo natural para você.

Mas disso você já sabe, não?

Então por que você ainda patina para conseguir comer melhor? Por que você ainda começa e pára a academia três vezes por ano?

Nessa hora, eu ouço um ecoar de vozes dizendo:

“É porque eu não tenho força de vontade”.

E essa é a maior pegadinha da indústria do emagrecimento. 

Nunca se tratou de força de vontade, nem de uma disciplina incansável.

Consistência é uma questão de amor.

Uma jornada de emagrecimento está fadada ao fracasso se ela não for movida a amor.

Quer ver?

Quando um pensamento como:– “Um pedacinho só não vai fazer mal”.– “A vida é muito curta para não comer esse bolo”.– “Não é justo que ela (aquela amiga com a genética da Gisele Bündchen) possa comer todas essas coisas maravilhosas e eu não”.– “Eu tenho ido tão bem que mereço um agrado“.⠀Sempre passa pela sua cabeça, ou seja, se são pensamentos recorrentes para você, você não está tentando mudar por amor.⠀Em outras palavras, as coisas que você precisa fazer todos os dias – fazer boas escolhas na sua alimentação, se exercitar, priorizar o sono, organizar sua alimentação, etc. – não te dão prazer e você as faz apenas porque acredita que, se você fizer o suficiente, se se você sofrer o bastante, você vai conseguir o corpo que você deseja.⠀Infelizmente, essa forma de tentar emagrecer é quase uma condenação de fracasso.

VOCÊ NÃO PODE DETESTAR A VIDA QUE ESTÁ TENTANDO CRIAR 

Eu vou te dar um exemplo…Vamos supor que você deteste tomar banho e apenas o faça porque sabe que o resto do mundo não aprovaria se você simplesmente decidisse parar de tomar banho. Você pesarosamente toma banho todos os dias que vai pro trabalho ou que precisa estar perto de pessoas.Mas o que acontece quando chega um domingo em que você vai ficar sozinha o dia todo? Você não toma banho, é claro! Por que você faria algo que odeia se não vai ter ninguém por perto o dia todo – sendo essa á a principal função do banho para você?

Essa é a forma pela qual muitas pessoas estão tentando mudar os seus corpos. Elas não gostam do que precisam fazer, então se desviam do plano sempre que podem.

Elas não vêem uma refeição saudável como um presente maravilhoso para o próprio corpo. Ao invés disso, é só mais uma vez na qual elas não podem comer algo que realmente amam (como lasanha) numa tentativa de cumprir uma meta.⠀Elas não vêem um treino como algo que vá fazer bem ao corpo e ao espírito. No lugar disso, é mais uma tarefa que elas têm que cumprir para “detonar calorias”.⠀

O QUE É MUDAR O SEU CORPO POR AMOR?

Quer ver o contraste?Se você está aprendendo a tocar violão, você nunca diria:– Eu tenho ido tão bem ultimamente! Certamente, eu mereço tocar muito mal no sábado à noite! Eu vou errar TODAS as notas! Uhuuuuul! Eu mereço!

Ou então, se o seu hobby fosse costura… Você a-do-ra costurar. Você pensaria algo como:– Eu tenho feito todos esses pontos tão retinhos. Não vai fazer mal e eu fizer apenas um torto! Eu só preciso fazer um ponto bem torto pra ficar feliz, então eu volto a fazer os pontos bem retinhos.Parece normal?⠀

Se você acompanhou meu pensamento, deve estar claro que não gostar do processo diário e apenas focar no que você vai eventualmente ganhar no futuro é um caminho de sofrimento. Algumas pessoas passam a vida toda nesse caminho por não conseguir realmente analisar suas motivações. Não seja uma delas.

Acredite ou não, você pode comer algo mais saudável PORQUE VOCÊ MERECE. Você pode se exercitar PORQUE O SEU CORPO FICA FELIZ.A consistência das suas boas escolhas é resultado direto desse sentimento de merecimento de se se tratar bem. De autocuidado e amor próprio. O seu corpo não te traiu.

Ele precisa que você cuide dele, mas não como a madrasta má! Pode parecer chocante para algumas pessoas, mas você REALMENTE PODE tratar seu corpo com compaixão por amor a ele. 

Você não está sendo forçada a ir à guerra porque o odeia.⠀

A sua próxima refeição é um grande acontecimento isolado, dissociado da refeição anterior e da próxima refeição também. 

Faça a sua próxima escolha com carinho por que você é merecedora. E faça o mesmo na próxima. E de novo. E de novo.⠀Continue no padrão até que se torne um hábito e eu te garanto que o seu corpo vai se tornar tudo que você quer que ele seja.

Lívia Raimundo

Lívia Raimundo

Coach Alimentar, Pn1

Eu ajudo mulheres a comerem melhor e emagrecerem sem neuras.

Eu sou coach nutricional, doutora em marketing de alimentos, estudante de Nutrição, aquariana, louca por café, livros e um bom papo. Eu também amo cozinhar (e comer, óbvio).

Eu vivo em São Paulo com o meu noivo e dedico a maior parte do meu tempo a inspirar mulheres a alcançarem uma relação mais leve e feliz com a comida e com o próprio corpo.

O Passo-a Passo para Escapar da Prisão da Comida

Quiz da Liberdade Alimentar

Teste seu nível de conhecimento e habilidade nos exatos pontos que eu aprendi a dominar para reescrever a minha história com a comida e com o meu corpo!

Relacionados

Coisas que te nutrem além da comida

Coisas que te nutrem além da comida

Se você percebe que frequentemente come sem fome genuína e que grande parte da sua alimentação é movida pelas suas emoções, pode ser que outros aspectos da sua vida estejam desnutridos. Ampliar as suas formas de suprir suas demandas internas é um passo muito importante no caminho da liberdade e autonomia alimentar!

read more
Engordei na quarentena. E agora?

Engordei na quarentena. E agora?

A sua prioridade deve ser sempre o cuidado com a sua saúde física e mental. Lembrar que respirar, mover o corpo, manter a mente ocupada com qualidade e se alimentar bem e de forma consciente são ingredientes básicos para uma vida equilibrada. Não só na quarentena como em todos os outros períodos difíceis que você enfrentar na vida.

read more

Comentários

0 Comments