“Eu Não Consigo Emagrecer” – O Que Fazer Quando Nada Funciona?

by | Nov 30, 2017 | Alimentação, Mentalidade

Eu perdi as contas de quantas vezes me ouvi dizer “Eu não consigo emagrecer”.

Se você luta contra a balança, você sabe o peso que essas palavras têm. É uma mistura de frustração, fracasso e rancor.

Eu demorei muitos anos para sair do efeito sanfona e emagrecer de uma vez, e precisei passar por muitos fracassos para buscar um novo caminho – sou cabeça dura, eu sei. E foi por isso que eu me mantive presa no “eu não consigo emagrecer” por mais de 15 anos.

Com a minha transformação, eu me determinei a suportar a libertação do maior número de mulheres possível dessa insatisfação e frustração constante, e hoje eu quero te falar o que fazer se você se sente assim.

A verdade é que nós vivemos no modo de espera. Nós procrastinamos diversas tarefas porque nós temos incertezas e porque estamos sempre com coisas demais na agenda para conseguir escolher um caminho a seguir. Nós somos perfeccionistas e vivemos à espera do momento certo para começar. E nós esperamos as estrelas se alinharem. Nós nos convencemos de que nós não estamos prontas, e mergulhamos em trabalho, em maratonas na Netflix e em comida para esquecer nossos problemas e entorpecer nossos desejos. E assim é mais fácil deixá-los na gaveta.

E… em algum momento nós nos cansamos e gritamos “BASTA!”

Mas quando nós chegamos nesse ponto já estamos tão saturadas que, e ao invés de buscar uma solução eficaz, nós reagimos sem pensar.

Movidas pela ansiedade de emagrecer e uma necessidade alucinada de sair daquela insatisfação, nós damos o mesmo jeitinho que sempre demos no passado. Curiosamente, esse “pano quente” foi o que criou a situação problema – e assim o efeito sanfona é alimentado.

Quando sentimos urgência ou ansiedade para emagrecer, nós automaticamente queremos nos colocar em ação – e isso geralmente significa repetir um padrão de ação conhecido. Assim, é muito fácil ficarmos presas em velhas formas confortáveis de “tentar mudar” – como começar uma dieta ultra restritiva ou planejar passar 2 horas por dia na academia.

Muitas vezes, a urgência de entrar em ação pode te privar de refletir e descobrir o que você precisa fazer de verdade.

E hoje quando eu ouço alguém me dizer “Eu não consigo emagrecer. Nada funciona pra mim.” O que eu ouço é “Eu estou insistindo no erro porque não sei outra forma de tentar mudar”. 

A verdade é que, se você ainda não tem os resultados que está buscando, você tem mais chances de sucesso se abrir para a possibilidade de que você ainda não sabe o que precisa fazer para alcançá-lo. Porque o que você “já sabe que funciona” não está funcionando. Ou ainda porque, se você ainda não conseguiu colocar em prática “o que você sabe que funciona”, talvez na verdade isso não funcione para você.

O segredo para conseguir quebrar o padrão de fracasso é abrir a mente para outras possibilidades. As pequenas coisas – aquelas que você não dá bola – têm um impacto surpreendente quando são as pequenas coisas certas. Se você está constantemente fracassando, pode ser que você esteja teimosamente caminhando na direção errada. A resposta pode estar ridiculamente perto, mas está no caminho oposto – e por isso você nunca a encontra.

VOCÊ NUNCA VAI ENCONTRAR A RESPOSTA PROCURANDO NO LUGAR ERRADO

Emagrecer e viver uma relação mais equilibrada com a comida é exatamente assim. E eu vejo isso o tempo todo. Existem pequenos passos que ajudam muito, mas não são aqueles que a gente dá atenção – porque eles parecem simples demais. Há diversas estratégias efetivas, mas elas em geral estão na direção oposta do seu foco – aquele caminho habitual que você acredita ser o mais importante, como por exemplo pensar “no que você deve ou não deve comer”. Se nada funciona, a solução que você está buscando não está nesse caminho familiar.

Então, o que fazer quando nada funciona?

Que tal começar com um plano melhor? Eu sei que o desconhecido pode ser assustador, mesmo se a trilha for fácil. Pensar e fazer as coisas de um jeito que não estamos acostumadas significa sair da nossa zona de conforto. 

  • Comece com curiosidade
  • Reflita francamente sobre o que você sabe sobre a sua alimentação. O que desencadeia sua fome?
  • É fome de comida? Ou é fome de outra coisa?
  • Como você pode se alimentar melhor: comendo ou descansando um pouco mais?
  • Se você deseja mudar a forma como você come, você vai substituir a comida com o quê? Existe uma razão pra você estar comendo – além da fisiológica, é claro – e ela está te servindo de alguma forma.
  • Como você pode enfrentar esses desafios e as barreiras ao sucesso? Quais foram os motivos que te levaram a fracassar das últimas vezes? E o que você precisa fazer de diferente para que as coisas funcionem desta vez?

Essas são as questões muito importantes, mas as respostas não são tão difíceis de conseguir. Pergunte-se coisas simplesPreste atenção às respostas que surgem. Aceite e aprenda com os seus erros. O seu sucesso só depende de você.

Lívia Raimundo

Lívia Raimundo

Coach Alimentar, Pn1

Eu ajudo mulheres a comerem melhor e emagrecerem sem neuras.

Eu sou coach nutricional, doutora em marketing de alimentos, estudante de Nutrição, aquariana, louca por café, livros e um bom papo. Eu também amo cozinhar (e comer, óbvio).

Eu vivo em São Paulo com o meu noivo e dedico a maior parte do meu tempo a inspirar mulheres a alcançarem uma relação mais leve e feliz com a comida e com o próprio corpo.

O Passo-a Passo para Escapar da Prisão da Comida

Quiz da Liberdade Alimentar

Teste seu nível de conhecimento e habilidade nos exatos pontos que eu aprendi a dominar para reescrever a minha história com a comida e com o meu corpo!

Relacionados

Coisas que te nutrem além da comida

Coisas que te nutrem além da comida

Se você percebe que frequentemente come sem fome genuína e que grande parte da sua alimentação é movida pelas suas emoções, pode ser que outros aspectos da sua vida estejam desnutridos. Ampliar as suas formas de suprir suas demandas internas é um passo muito importante no caminho da liberdade e autonomia alimentar!

read more
Engordei na quarentena. E agora?

Engordei na quarentena. E agora?

A sua prioridade deve ser sempre o cuidado com a sua saúde física e mental. Lembrar que respirar, mover o corpo, manter a mente ocupada com qualidade e se alimentar bem e de forma consciente são ingredientes básicos para uma vida equilibrada. Não só na quarentena como em todos os outros períodos difíceis que você enfrentar na vida.

read more
A jornada da Liberdade Alimentar

A jornada da Liberdade Alimentar

As dietas são aqueles falsos atalhos que pegamos na tentativa de chegar logo ao objetivo de estar bem com o nosso corpo. Mas, na verdade, elas são como uma estrada no sentido contrário da felicidade, que só nos afastam do nosso autoconhecimento, ditando regras externas que te fazem acreditar que você não é capaz de gerenciar o seu corpo. Aqui está o que você pode esperar quando abandona a prisão das dietas em direção à liberdade alimentar.

read more

Comentários

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *