Vida Bem-sucedida, Emagrecimento Frustrado?

by | Jun 29, 2017 | Mentalidade

Você tem a sensação de conseguir realizar tantas coisas na sua vida, mas tem um pequeno detalhe que te incomoda… você ainda não conseguiu emagrecer de uma vez.

Você é uma ótima profissional, uma mãe fantástica, uma esposa presente – a verdadeira Mulher Maravilha.

Mas, assim como tantas outras Mulheres Maravilha, você continua com o emagrecimento frustrado. Eu conheço muitas mulheres inteligentes e bem-sucedidas em diversas áreas de suas vidas, que continuam se sentindo fracassadas com a falta de sucesso no emagrecimento duradouro.

A velha fórmula você já sabe de cor: coma menos, se mova mais.

Mas… se essa é a equação completa, porque ela ainda não funcionou?

O ciclo é mais ou menos assim: você se esforça muito, obtém alguns resultados, fica difícil, você desiste, o peso volta… então começa tudo de novo. Os resultados que perduram.

E você acaba sentindo que o único ponto em que não são é bem-sucedida na vida é no seu emagrecimento, independentemente do quanto você trabalhe em prol do corpo que deseja.

Eu sentia exatamente isso e me dói ver tantas mulheres maravilhosas sentindo o mesmo.

A frustração é cronica…Esse emagrecimento fracassado pode gerar um cenário crônico de frustração, sentimentos de culpa e até mesmo vergonha. E isso acaba promovendo mais excessos na alimentação. Era para ser mais simples, não?A crítica verdade, aquela que  não está nos livros de dieta, é que na realidade não é tão simples.

Comer menos e se mover mais não é a equação completa. Entretanto, é nela que as mulheres continuam insistindo.

E é por isso que continuarão frustradas.

PORQUE A MULHER MARAVILHA COME DEMAISVocê pode não usar um collant colorido, mas você pode se comportar como uma super-heroína na maior parte do tempo.⠀Alguns desses comportamentos lhe são comuns?

  • Você é A pessoa que faz as coisas acontecerem (e outras pessoas contam ou dependem dos seus esforços ou organização).
  • Você faz malabarismos com a família, o trabalho, a casa e tudo mais.
  • Quando as coisas ficam difíceis, você nunca desiste.
  • Você está sempre ocupada. Quando não está ocupada é porque está ocupadíssima.
  • Você é tão produtiva que desenvolveu a habilidade de (quase) estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Eu não estou falando que nenhum desses comportamentos seja ERRADO. Mas eu posso afirmar que eles podem estar dificultando o seu emagrecimento por estarem contribuindo para que você coma em excesso.⠀Nesse sentido, o fracasso da abordagem “coma menos e se mova mais” é quase garantido, pois ela ignora as verdadeiras razões pelas quais você não consegue parar de comer.

PORQUE VOCÊ NÃO CONSEGUE EMAGRECER – E O QUE FAZER SOBRE ISSO

Há uma peça essencial para o quebra-cabeça do emagrecimento que, se ausente, nem mesmo a Mulher Maravilha vai ter sucesso no processo.⠀Qual é a peça crítica que você está ignorando?⠀É cuidar das razões pelas quais você se encontra mergulhada até o cotovelo no saco de batatas-fritas, ou comendo sem pensar na sua mesa de trabalho, ou cortando nervosamente fatias e fatias do bolo na mesa da cozinha.⠀Estratégias que tratem os motivos pelos quais você está comendo demais e que te permitam satisfazer as suas reais necessidades de uma forma que a comida jamais conseguirá.⠀O sucesso no emagrecimento é possível quando se escapa da mentalidade de dieta e se cria paz com a comida, evitando cair em armadilhas que te levam a comer em excesso. Algumas dessas armadilhas incluem: 

  • Exaustão constante
  • Comer para se confortar
  • Usar comida para procrastinar tarefas desagradáveis
  • Estar tão ocupada que você nunca está presente ao comer

Se você seguir adiante sem um plano estratégico para cuidar dessas armadilhas,  você não construirá o que é preciso para efetivamente solucionar o problema de comer em excesso e atingir o emagrecimento duradouro.

Eu te garanto que você não precisa de mais uma dieta, nem de mais força de vontade).

A Mulher Maravilha da vida real precisa de um plano que trate as motivações que a levam a comer compulsivamente. Se você precisa de ajuda para construir esse plano, entre em contato comigo aqui 

Lívia Raimundo

Lívia Raimundo

Coach Alimentar, Pn1

Eu ajudo mulheres a comerem melhor e emagrecerem sem neuras.

Eu sou coach nutricional, doutora em marketing de alimentos, estudante de Nutrição, aquariana, louca por café, livros e um bom papo. Eu também amo cozinhar (e comer, óbvio).

Eu vivo em São Paulo com o meu noivo e dedico a maior parte do meu tempo a inspirar mulheres a alcançarem uma relação mais leve e feliz com a comida e com o próprio corpo.

O Passo-a Passo para Escapar da Prisão da Comida

Quiz da Liberdade Alimentar

Teste seu nível de conhecimento e habilidade nos exatos pontos que eu aprendi a dominar para reescrever a minha história com a comida e com o meu corpo!

Relacionados

Coisas que te nutrem além da comida

Coisas que te nutrem além da comida

Se você percebe que frequentemente come sem fome genuína e que grande parte da sua alimentação é movida pelas suas emoções, pode ser que outros aspectos da sua vida estejam desnutridos. Ampliar as suas formas de suprir suas demandas internas é um passo muito importante no caminho da liberdade e autonomia alimentar!

read more
Engordei na quarentena. E agora?

Engordei na quarentena. E agora?

A sua prioridade deve ser sempre o cuidado com a sua saúde física e mental. Lembrar que respirar, mover o corpo, manter a mente ocupada com qualidade e se alimentar bem e de forma consciente são ingredientes básicos para uma vida equilibrada. Não só na quarentena como em todos os outros períodos difíceis que você enfrentar na vida.

read more
A jornada da Liberdade Alimentar

A jornada da Liberdade Alimentar

As dietas são aqueles falsos atalhos que pegamos na tentativa de chegar logo ao objetivo de estar bem com o nosso corpo. Mas, na verdade, elas são como uma estrada no sentido contrário da felicidade, que só nos afastam do nosso autoconhecimento, ditando regras externas que te fazem acreditar que você não é capaz de gerenciar o seu corpo. Aqui está o que você pode esperar quando abandona a prisão das dietas em direção à liberdade alimentar.

read more

Comentários

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *