O que ninguém te conta sobre as dietas da “moda”

por | nov 15, 2021 | Emagrecimento

Jejum intermitente, dieta cetogênica, dieta da sopa, do ovo, da lua, low carb, dukan, paleolítica, mediterrânea… Se você está tentando emagrecer, tenho certeza que você já ouviu algumas dessas dietas por aí, seja na internet ou por indicação de alguém. 

E o curioso é que, acompanhadas dessas dietas, sempre estão as promessas que seduzem qualquer pessoa:

“PERCA 5 KG EM UMA SEMANA”

“CONSIGA O CORPO DOS SONHOS EM UM MÊS”

“EMAGREÇA EM 10 DIAS”  e outras coisas do tipo…

Tudo isso parece muito atrativo, né? Principalmente para nós, mulheres, que quando estamos insatisfeitas com o nosso corpo, desejamos resolver isso o mais rápido possível, e as dietas surgem como uma alternativa quase que “instantânea” para isso. 

A verdade é que, por trás de todo esse glamour e resultados rápidos, as dietas da moda podem prejudicar (e muito!) a sua saúde, além de fazer com que você desenvolva uma mentalidade errada sobre alimentação. E como se não bastasse, elas são insustentáveis a longo prazo, ou seja, você pode até emagrecer nas primeiras semanas, mas o peso voltará quando você deixar de segui-las . 

Mas por que essas dietas fazem tanto sucesso?

Quem não quer estar satisfeita com o seu corpo e se sentir bem com as suas medidas? 

Ainda mais, vivendo num cenário em que a televisão, a internet e as revistas vendem um padrão de beleza que não condiz com a realidade. 

Nós nos sentimos tão pressionadas em atingir essa perfeição incentivada pela mídia, que buscamos os mais variados artifícios para emagrecer e alcançar esse status, e é aí que as dietas entram!

Elas são alternativas que prometem efeitos fantasiosos e milagrosos, em apenas poucos dias de “sacrifício”. E quem não gosta de resultados rápidos? Essa ideia vende muito bem!

Normalmente, quem prefere seguir esse tipo de alimentação não está psicologicamente preparado para o emagrecimento, então, seguir um cardápio totalmente desequilibrado e que promete resultados rápidos é mais atrativo do que uma proposta de reeducação alimentar.

O problema é que tudo isso é propaganda enganosa. Ninguém deixa claro que essas dietas não trazem benefícios em longo prazo, muito menos que elas podem trazer prejuízos à saúde e até ocasionar o temido “efeito sanfona”. É muito fácil promover as dietas sem falar dos seus malefícios..

Estamos tão preocupadas com a perda de peso que ignoramos os riscos que esse tipo de alimentação pode trazer, quando, na verdade, cuidar da saúde deveria ser o foco…

Os efeitos das dietas da moda no organismo

Primeiro, é preciso entender que essas dietas estão dissociadas dos diversos determinantes da saúde e da nutrição. Elas não possuem embasamento científico robusto e criam expectativas irreais relacionadas a velocidade e quantidade de perda de peso. 

Por se tratarem de dietas muito radicais e restritivas, as pessoas até podem conseguir um emagrecimento rápido, mas, além de não existir benefício a longo prazo, elas podem levar a deficiência de vitaminas e minerais muito importantes para o nosso organismo. 

Quando se opta por seguir a dieta que a amiga ou que a blogueira indicou, você utiliza um método que não foi feito para você, que não leva em consideração as suas escolhas, hábitos e objetivos, e é por isso que você não irá conseguir seguir com essa alimentação por muito tempo. 

E dessa forma, logo voltam os velhos hábitos alimentares, as medidas perdidas e até uns quilinhos a mais. 

Ainda, além dos problemas que envolvem a saúde física, esse tipo de alimentação tão restrita também é responsável por ocasionar compulsões alimentares e abalos psicológicos. 

As dietas estimulam as pessoas a se sentirem fracassadas. Quando os primeiros quilos vão embora, eles cedem espaço para a sensação de bem-estar e autoestima, porém, em pouco tempo, quando a balança volta a demonstrar os quilos extra, surge a sensação de derrota.

E durante essa sensação de derrota é que acontecem os episódios de excesso de comida. 

Compensamos todo o tempo sem acesso aos alimentos restritos comendo mais e mais, até que surge o sentimento de culpa por ter comido muito e o desejo de emagrecer novamente. Daí, o processo de emagrecimento se torna um ciclo vicioso. 

Então, qual é o segredo para emagrecer de forma saudável?

A verdade é que não existe segredo. 

Emagrecer é a consequência de diversos fatores, incluindo novos hábitos alimentares e psicológicos, recomendados por um nutricionista, que trazem benefícios gradativamente.

E para que isso aconteça, também é preciso fazer as pazes com o seu corpo, entender que o padrão midiático de corpo dos sonhos não existe, e que o corpo perfeito é aquele que você tem. 

Aliando tudo isso à prática de exercícios físicos de forma regular, é certo que você conseguirá bons e duradouros resultados!

Não é preciso se privar ou acreditar nos milagres que as dietas oferecem, apenas devemos buscar o equilíbrio. Lembre-se que quem está realmente disposto a reaprender como se alimentar da melhor maneira possível em todos os aspectos, certamente alcançará os melhores objetivos!

Lívia Raimundo

Lívia Raimundo

Coach Alimentar, Pn1

Eu ajudo mulheres a comerem melhor e emagrecerem sem neuras.

Eu sou coach nutricional, doutora em marketing de alimentos, estudante de Nutrição, aquariana, louca por café, livros e um bom papo. Eu também amo cozinhar (e comer, óbvio).

Eu vivo em São Paulo com o meu noivo e dedico a maior parte do meu tempo a inspirar mulheres a alcançarem uma relação mais leve e feliz com a comida e com o próprio corpo.

O Passo-a Passo para Escapar da Prisão da Comida

Quiz da Liberdade Alimentar

Teste seu nível de conhecimento e habilidade nos exatos pontos que eu aprendi a dominar para reescrever a minha história com a comida e com o meu corpo!

Relacionados

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *