Comer Para Se Nutrir: A Chave Para Parar De Fazer Dieta

by | Aug 9, 2017 | Alimentação

A primeira dúvida que surge quando pensamos em parar de fazer dieta é…

Mas como eu vou saber o que comer? 

É aí que entra o comer para se nutrir, e aqui eu quero te dar um passo a passo para colocar isso em prática.

Se você está aqui, há grandes chances de você já ter seguido uma dieta na vida. Talvez você já tenha tentado todas elas e esteja sempre em busca da próxima estratégia.

Por isso, existe um receio e uma sensação de que comer sem regras nunca vai funcionar.O primeiro passo para acabar com esse medo é uma reflexão franca sobre como isso tem funcionado para você. Essas regras todas estão te ajudando de verdade?⠀Se você sofre com o efeito sanfona, compulsão alimentar, fome emocional ou qualquer tipo de desafio nos seus hábitos alimentares, eu estou aqui para te encorajar a começar a comer para se nutrir.

Quando você deixa de confiar nos sinais de fome do seu corpo e passa a depender de regras de terceiros para se alimentar – leia-se, você faz uma dieta – uma coisa estranha acontece… Você curiosamente passa a pensar cada vez mais em comida, no seu peso, nas calorias, nos carboidratos – e de repente é só nisso que você pensa.⠀Isso tudo te leva a uma relação cada vez pior com a comida, já que essa forma de comer é baseada em medo de alguns alimentos e privação.

Na contramão, nutrir o seu corpo se baseia em amor e autocuidado e visa beneficiar o seu corpo e a sua mente. Essa forma de se alimentar promove o desenvolvimento de uma relação positiva e compassiva entre comida, corpo e mente.

FAZER DIETA VS. COMER PARA SE NUTRIR

Numa breve comparação ilustrativa, o que é o que:⠀

Fazer dieta

  • Foco em peso e aparência
  • Listas de comidas boas/más ou permitidas/proibidas
  • Rotina alimentar rígida
  • Porções limitadas de alimentos
  • Horário certo ou regras para comer, sem respeito aos sinais de fome e saciedade
  • Sentimentos recorrentes de culpa, vergonha e punição quando as metas não são atingidas⠀

Comer para se nutrir

  • Foco em como você se sente em relação ao que come
  • Desenvolvimento de uma relação positiva entre corpo e comida
  • Comer uma variedade de alimentos sem se sentir privada
  • Não há contagem calorias, de carboidratos, nem de nada!
  • Foco em prover nutrientes para o seu corpo e sua mente
  • Atenção e respeito aos sinais de fome e saciedade do próprio corpo
  • Prazer em comer sem sentimentos de culpa, vergonha ou vontade de se punir

Dá pra ver a diferença gritante entre as duas abordagens?

Na verdade, a principal diferença É A SUA RELAÇÃO COM VOCÊ MESMA.

Você trata o seu corpo com amor, compaixão e aceitação? 

Ou você tenta se restringir, se culpar e se punir o tempo todo a fim de ter um corpo mais adequado aos padrões vigentes? Você sente que o seu corpo é seu melhor amigo? Ou sente que ele está prestes a te trair a todo momento, acumulando gordura só pra te deixar mais insatisfeita?

Comer para se nutrir vai além do ato físico de comer, visando a restrição calórica para a perda de peso. Ao invés disso, envolve reconhecer que nós merecemos cuidar bem das nossas necessidades físicas e psicológicas. É uma forma de comer tem na comida uma fonte de nutrientes, e deve ser usada para nos abastecer para que possamos viver bem a aproveitarmos ao máximo nosso tempo neste planeta.

Então, se você acha que parar de fazer dieta e começar a comer para se nutrir pode ser uma boa pedida para você, eu te mostro três passos simples para começar:⠀

1. Faça uma lista de alimentos que te nutrem

Calma, essa não é mais uma lista!A ideia é que você liste todos os alimentos que te façam se sentir energizada e satisfeita (de verdade!)Quais as coisas saudáveis que você tem prazer em comer, que te dão um sentimento de plenitude? Que mantém o seu humor para cima? Que te fazem se sentir revigorada?⠀

2. Coma esses alimentos 80% do tempo, aproximadamente

Dê prioridade para aquilo que vai te dar energia para enfrentar o seu dia.Ouça os sinais do seu corpo e dê preferência a esses alimentos na hora que o ponteiro do seu tanque de combustível baixar, num ritmo em que você se mantenha sempre mentalmente alerta.⠀

3. Se permita comer alimentos que não te nutrem 20% do tempo

Sério, deixe a perfeição de lado. Ela não existe!Quando você se permite comer coisas puramente porque elas agradam o seu paladar, você não desenvolve os gatilhos para compulsão gerados pela privação.⠀Esses três passos podem te ajudar a superar os seus desafios alimentares e a melhorar (muito) a sua relação com a comida.⠀A chave é encontrar um equilíbrio entre comer majoritariamente alimentos nutritivos enquanto você se permite consumir algumas guloseimas para manter a saúde mental no lugar.

Lívia Raimundo

Lívia Raimundo

Coach Alimentar, Pn1

Eu ajudo mulheres a comerem melhor e emagrecerem sem neuras.

Eu sou coach nutricional, doutora em marketing de alimentos, estudante de Nutrição, aquariana, louca por café, livros e um bom papo. Eu também amo cozinhar (e comer, óbvio).

Eu vivo em São Paulo com o meu noivo e dedico a maior parte do meu tempo a inspirar mulheres a alcançarem uma relação mais leve e feliz com a comida e com o próprio corpo.

O Passo-a Passo para Escapar da Prisão da Comida

Quiz da Liberdade Alimentar

Teste seu nível de conhecimento e habilidade nos exatos pontos que eu aprendi a dominar para reescrever a minha história com a comida e com o meu corpo!

Relacionados

Coisas que te nutrem além da comida

Coisas que te nutrem além da comida

Se você percebe que frequentemente come sem fome genuína e que grande parte da sua alimentação é movida pelas suas emoções, pode ser que outros aspectos da sua vida estejam desnutridos. Ampliar as suas formas de suprir suas demandas internas é um passo muito importante no caminho da liberdade e autonomia alimentar!

read more
Engordei na quarentena. E agora?

Engordei na quarentena. E agora?

A sua prioridade deve ser sempre o cuidado com a sua saúde física e mental. Lembrar que respirar, mover o corpo, manter a mente ocupada com qualidade e se alimentar bem e de forma consciente são ingredientes básicos para uma vida equilibrada. Não só na quarentena como em todos os outros períodos difíceis que você enfrentar na vida.

read more
A jornada da Liberdade Alimentar

A jornada da Liberdade Alimentar

As dietas são aqueles falsos atalhos que pegamos na tentativa de chegar logo ao objetivo de estar bem com o nosso corpo. Mas, na verdade, elas são como uma estrada no sentido contrário da felicidade, que só nos afastam do nosso autoconhecimento, ditando regras externas que te fazem acreditar que você não é capaz de gerenciar o seu corpo. Aqui está o que você pode esperar quando abandona a prisão das dietas em direção à liberdade alimentar.

read more

Comentários

0 Comments