4 Estratégias De Autocuidado Para Comer Melhor

by | Jan 9, 2019 | Autocuidado, Fome Emocional

Em algum momento desta vida, todas nós passamos por tempos difíceis.

Sejam dificuldades financeiras, um relacionamento acabado, uma perda trágica, ou mesmo a pressão do acúmulo das responsabilidades do dia a dia – é desafiador manter a cabeça no lugar.

E quando estressadas, ansiosas e preocupadas, a vida vira um rolo compressor e nós começamos a nos sentir esmagadas. Nessas situações, não é incomum recorrermos à comida para conseguir conforto. Mas existe uma forma de minimizar – e muito! – este problema.

Autocuidado!

Hoje eu te apresento quatro maneiras efetivas de exercitar o autocuidado, especialmente quando você se sentir sobrecarregada.

Se você praticá-las quando estiver se sentindo esgotada, elas podem te ajudar a se sentir mais revigorada e te dar o conforto que você precisa e merece, sem recorrer à comida.

Como se cuidar para comer melhor

1. Durma

Se você está estressada, existe uma boa chance do seu sono estar pagando o preço. Isso pode parecer óbvio, mas se você está se sentindo esgotada… durma mais!

Isso é muito importante para o seu bem-estar físico, mental e emocional. Poucas horas de sono podem causar irritabilidade e mais estresse, além de afetar significativamente o seu humor – existe uma boa chance de você saber do que eu estou falando.

Se você sente que de alguma forma as suas emoções estão guiando o seu comportamento alimentar, se pergunte como você está se sentindo fisicamente. Você está cansada? Tente dar uma cochilada ou ir para a cama mais cedo e veja como você se sente depois. É muito provável que você se sinta muito mais revigorada e bem-humorada após um sono restaurador!

2. Medite

Se você está se sentindo mentalmente exaurida, possivelmente a melhor coisa a se fazer é meditar. O objetivo é acalmar a sua mente e promover uma experiência de paz interior e relaxamento.

Em geral, o estresse e a tensão estão relacionados com um turbilhão de pensamentos em nossa mente. Quando nós meditados, nós mudamos o foco destes pensamentos para a nossa respiração. Por meio dessa prática nossas mentes relaxam a isso faz com que nos sintamos revigoradas.

A meditação também pode te ajudar a se sentir mais conectada consigo mesma. E quando você está mais alinhada com os seus pensamentos e emoções, você consegue entender melhor as suas necessidades. Isso torna o autocuidado muito mais simples – e ainda evita que você coma para abafar o que está sentindo e desejando.

3. Divirta-se

Algumas vezes, nós precisamos somente curtir mais a vida. O estresse constante não só nos deixa mais propensas a comer nossas emoções, mas é também exaustivo! O estresse faz parte das nossas vidas, mas nós podemos administrá-lo muito melhor quando temos mais prazer no nosso dia a dia.

Embora seja possível encontrar prazer na comida sim, é primordial encontrar formas mais saudáveis de incorporar prazer na sua vida.Tente agendar atividades mais divertidas toda semana – ou todo dia, se você conseguir. O que quer que te traga prazer e alegria – arranje tempo para isso! Se você fizer disso uma rotina, você consequentemente se sentirá mais equilibrada e mais capaz de lidar com atividades estressantes.

Se você não consegue pensar em muitas coisas que te trazem prazer, comece a explorar novas atividades e possíveis hobbies. Pode ser pintura, costura, fotografia, algum instrumento, etc. Pode ser algo simples como brincar com o seu cachorro. O que quer que seja, tenha certeza de que você faça com um sorriso no rosto 

4. Desconecte-se

Se você vive na mesma era que eu, você provavelmente não se desgruda do seu celular, tablet, laptop ou afins em nenhum momento.

Enquanto a tecnologia é maravilhosa para nos mantermos conectados uns aos outros, a quantidade enorme de mensagens, e-mails e feeds de notícias pode ser um tanto estimulante demais. Desconectar-se significa tirar um tempo das telas e voltar o foco para si mesma.

Considere investir um tempo antes de dormir ou aos finais de semana para se desconectar do mundo. Desligue todas as telas por algumas horas e vá caminhar, dormir, ler, passar um tempo com a família – fazer o que tiver vontade, contanto que te revigore.

Lembre-se que, enquanto a tecnologia nos mantém conectados uns aos outros, construir relações verdadeiras e profundas acontece na vida real – não em frente de uma tela! Então tenha um tempo especial só para você e também priorize passar um tempo com as pessoas que você ama. Aprofundar essas relações vai naturalmente te fazer sentir mais conectada, confortada e satisfeita com a sua vida.

Autocuidado é a CHAVE para curar a sua fome emocional.

Se você está buscando uma relação mais saudável com você mesma, com a comida, com o seu corpo e o seu peso, você precisa começar a se sentir melhor – e você não vai conseguir se sentir melhor enquanto se sentir sobrecarregada o tempo todo.

Comece a se observar e a reconhecer se você está se sentindo muito estressada ou com muitas “coisas no seu prato”. Você pode praticar essas estratégias de autocuidado diariamente, elas certamente vão te ajudar a dominar a sua fome emocional e construir uma versão mais saudável e melhor de você mesma!

Lívia Raimundo

Lívia Raimundo

Coach Alimentar, Pn1

Eu ajudo mulheres a comerem melhor e emagrecerem sem neuras.

Eu sou coach nutricional, doutora em marketing de alimentos, estudante de Nutrição, aquariana, louca por café, livros e um bom papo. Eu também amo cozinhar (e comer, óbvio).

Eu vivo em São Paulo com o meu noivo e dedico a maior parte do meu tempo a inspirar mulheres a alcançarem uma relação mais leve e feliz com a comida e com o próprio corpo.

O Passo-a Passo para Escapar da Prisão da Comida

Quiz da Liberdade Alimentar

Teste seu nível de conhecimento e habilidade nos exatos pontos que eu aprendi a dominar para reescrever a minha história com a comida e com o meu corpo!

Relacionados

Coisas que te nutrem além da comida

Coisas que te nutrem além da comida

Se você percebe que frequentemente come sem fome genuína e que grande parte da sua alimentação é movida pelas suas emoções, pode ser que outros aspectos da sua vida estejam desnutridos. Ampliar as suas formas de suprir suas demandas internas é um passo muito importante no caminho da liberdade e autonomia alimentar!

read more
Engordei na quarentena. E agora?

Engordei na quarentena. E agora?

A sua prioridade deve ser sempre o cuidado com a sua saúde física e mental. Lembrar que respirar, mover o corpo, manter a mente ocupada com qualidade e se alimentar bem e de forma consciente são ingredientes básicos para uma vida equilibrada. Não só na quarentena como em todos os outros períodos difíceis que você enfrentar na vida.

read more
A jornada da Liberdade Alimentar

A jornada da Liberdade Alimentar

As dietas são aqueles falsos atalhos que pegamos na tentativa de chegar logo ao objetivo de estar bem com o nosso corpo. Mas, na verdade, elas são como uma estrada no sentido contrário da felicidade, que só nos afastam do nosso autoconhecimento, ditando regras externas que te fazem acreditar que você não é capaz de gerenciar o seu corpo. Aqui está o que você pode esperar quando abandona a prisão das dietas em direção à liberdade alimentar.

read more

Comentários

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *